Blog da Cyber

01/09
Author
admin
Date
1 de setembro de 2020
Comments
0

Inteligência Artificial: a tecnologia revolucionando e mudando as formas de fazermos as coisas

A inteligência artificial é um tema em destaque em todo o mundo.

Alguns famosos já se posicionaram negativamente a respeito desta tecnologia, como foi o caso do Stephen Hawking, por causa de seu potencial de aplicação.

Será que a inteligência artificial é tudo isso mesmo? Confira a seguir!

O que é inteligência artificial?

 
Uma inteligência artificial nada mais é do que um modelo estatístico.

Dessa forma, existem regras matemáticas que guiam a atuação de uma IA e, em geral, acabam imitando o comportamento dos seres vivos.

A IA foi desenvolvida para dar mais liberdade às máquinas. Assim é possível coordenar diversos equipamentos em uma indústria sem se preocupar com o erro humano.

Aliás, uma fábrica que utiliza IA usa a força de trabalho humana apenas para otimizar processos e treinar os algoritmos.

Porém, mesmo que essa revelação pareça o início do apocalipse, fique tranquilo, elas não têm a capacidade de destruir a raça humana… ainda.

Você sabe onde a IA está presente no seu dia a dia? Ela está mais próxima do que você imagina.

Onde a IA atua em nossa vida?

 
A resposta mais curta é: em tudo. A inteligência artificial está presente em qualquer produto que temos nos dias de hoje, seja direta ou indiretamente.

Vamos apresentar as principais aplicações da IA no cotidiano.

1. Pesquisas no Google

 
Já parou para se perguntar como o Google realiza as buscas? Ele trabalha com vários robôs inteligentes que atuam na internet.

Quando alguém faz uma busca em seu console, os robôs procuram freneticamente pela resposta em toda a Web, página por página.

Sim, eles conseguem “ler” o conteúdo das páginas, e também enxergam as imagens que estão presentes nos sites.

2. Apps de rotas

 
Um aplicativo de rotas, como o Google Maps, por exemplo, é uma das formas de atuação da inteligência artificial em nossa vida.

Na verdade, em muitos casos chamar de “inteligente” não é o termo correto, pois os apps erram feio, às vezes, mas o importante é seu modus operandi.

Quando utilizamos um aplicativo de rotas, uma IA cruza toneladas de informação em poucos segundos, e o produto do processo é a rota mais otimizada para o destino.

Ela não está nem aí se você vai passar pelo bairro mais perigoso da cidade; se chegar rápido ao destino, está valendo para ela.

3. Entretenimento

 
Você já viu aquelas recomendações do Netflix? O trabalho de selecionar itens é feito totalmente pelo uso de inteligência artificial.

Para que isso seja feito, o algoritmo leva tudo em consideração: tempo do vídeo, cores predominantes, palavras que se destacam e qualquer outro padrão que possa ter alguma relação com o fato de você gostar do vídeo.

Dessa forma, com essas informações em vista, ela passa um “pente fino” em todos os vídeos do acervo e recomenda aqueles que repetem esses padrões.

Outro mestre das recomendações é o YouTube – é justamente por isso que não conseguimos parar de ver vídeos em sequência.

4. Agricultura

 
A agricultura é uma das atividades mais antigas da humanidade, e a IA veio para revolucionar a forma como trabalhamos até mesmo nessa área.

Por meio de sensores e câmeras, é possível pôr em prática a chamada “agricultura inteligente”, ou seja, a agricultura que usa dados para aumentar a produtividade da lavoura.

Além disso, a IA pode ser aplicada para dirigir o maquinário utilizado para o plantio, o qual segue os princípios de carros autônomos.

Estas foram algumas aplicações da inteligência artificial em nosso dia a dia.

Não pense que é só isso: essa tecnologia possui muitas outras aplicações, mas decidimos apresentar somente as mais comuns.

O futuro da inteligência artificial é promissor?

 
Com certeza. A inteligência artificial tem várias aplicações e certamente vai continuar tendo uma alta demanda nos próximos anos.

Uma notícia que confirma essa afirmação diz respeito à aplicação de IA para encontrar remédios.

A startup britânica Exscientia, em conjunto com a japonesa Sumitomo Dainippon Pharma, conseguiu desenvolver um novo remédio para tratar o Transtorno Obsessivo Compulsivo, o famoso TOC, pelo uso de inteligência artificial.

Para realizar o feito, um banco de dados enorme – também conhecido como Big Data – foi utilizado.

A IA testou milhões de combinações até encontrar a molécula atual, que já está em fase de testes. Você pode imaginar o poder da IA no futuro?

Precisando relaxar nessa quarentena? Veja nossa lista de games online para você curtir com seus amigos!

Comments (0)

Write your comment