Internet Lenta: Qual o Motivo?

Sabe aquele momento quando finalmente você se senta para trabalhar, estudar ou ficar “de boa”, mas a internet tem outros planos e decide não colaborar.

Ou então, quando você está no meio de um filme, e do nada a tela congela segundos antes da cena que você mais queria ver.

Pois é, a internet está presente em grande parte das nossas tarefas cotidianas, e assim, também os problemas das quedas e da internet lenta.

Muitos ficam frustrados, bravos e inquietos em meio as situações que uma rede devagar pode gerar, afinal é através dela que ficamos conectados, ainda mais em uma pandemia.

Com trabalhos home office, a importância de uma conexão com qualidade e velocidade se tornou prioridade.

E a tendência é que seu valor na sociedade só venha a crescer daqui para frente. Um verdadeiro facilitador e com múltiplas funções, você pede comida, transporte, realiza videoconferências, pesquisas, fala com amigos e familiares, tudo isso e muito mais ocorre de forma virtual.

E quando ela não funciona, motivos é que não faltam para querer arrumá-la o mais rápido possível.

Por isso, vamos te apresentar aqui algumas formas de resolver seus contratempos com internet lenta, que muitas vezes não são culpa da operadora.

WiFi

 
Quando você não está utilizando o 4G, sua conectividade acontece através da rede Wireless, o famoso WiFi. Por se conectar através de ondas de rádio, pode-se sofrer diversas interferências devido a obstáculos entre o roteador e o receptor (celular, notebook, tablet, etc.).

Assim, paredes, portas, distância, quantidade de pessoas conectadas ao mesmo tempo, e até mesmo a velocidade do ar pode atrapalhar e diminuir sua velocidade de navegação.

A dica é, caso seja importante manter sua estabilidade, utilize cabos onde puder (TV, ou computador, por exemplo). Isso irá garantir que você receba toda a conexão contratada para os fins necessários.

Local do roteador

 
Com dito antes, paredes, portas e obstáculos podem diminuir sua rede, ou o que chega até o seu aparelho. Portanto, escolha bem o local do roteador, se você colocar no andar de cima ou num quarto afastado muito dificilmente receberá tudo o que o roteador está transmitindo.

Caso necessário coloque no cômodo onde você mais irá utilizar a conexão.

Outra dica é utilizar repetidores, eles irão ajudar o sinal da sua WiFi chegar a todos os cômodos da casa e garantir uma melhor estabilidade sem precisar ficar levando e instalando o modem com você para onde for.

Vírus

 
Às vezes o problema pode não ser a internet, mas sim o próprio dispositivo. Hoje em dia, computadores e celulares estão muito suscetíveis a ataques de vírus e hackers.

Então é sempre bom checar se sua conexão não está lenta por conta disso. Existem diversos aplicativos gratuitos e pagos que ajudam a identificar e prevenir esses riscos virtuais, e ter um rodando no seu dispositivo pode tirar a dúvida de onde vem a lentidão.

Além disso, você estará investindo não apenas na qualidade da sua conexão como também na proteção de dados pessoais.

Outra dica é sempre manter sua memória limpa, quanto mais ocupada ela estiver, naturalmente o aparelho pode ficar mais devagar para abrir aplicativos e carregar páginas de internet.

Logo, sempre dê uma conferida na situação de armazenamento do seu computador e outros aparelhos. Um sistema otimizado sempre consegue entregar uma melhor performance.

Reiniciar?

 
Quem nunca reiniciou o modem para ver se a internet não melhorava, não é mesmo? Pois é, e fazer isso realmente pode ajudar, e geralmente é o primeiro passo que muitas empresas de telecomunicações dão aos seus clientes quando estes reclamam de velocidade.

Devido sua utilização diária, sobrecargas no aparelho podem ocorrer. Além de picos de energia, que podem ficar acumulados e interferirem no sinal.

Assim, desligar sua WiFi por períodos em que não tenha ninguém em casa, pode ajudar a conseguir uma melhor conectividade de rede e melhorar a eficácia do equipamento.

A internet adora a madrugada

 
Baixar arquivos, filmes, séries, vídeos, entre outros, pode demandar mais da sua rede. Portanto, enquanto o aparelho estiver fazendo o download é normal sua conexão cair e ficar mais devagar.

Por isso, aproveite a madrugada para deixar seus arquivos baixando. Afinal, a noite menos pessoas utilizam a internet, aumentando a velocidade do download e também ninguém é atrapalhado pela internet mais demorada.

Como saber se o problema é a operadora?

 
Uma das maneiras mais fáceis de saber se o problema é realmente a prestadora de serviços, é fazer um teste de velocidade. Na internet existem diversos sites com velocímetros de rede, e também aplicativos que te permitem saber quanto de internet realmente está chegando ao seu aparelho.

E não esqueça que para fazer o teste é necessário utilizar o cabo. Assim, você saberá se o que está sendo contratado realmente está sendo entregue.

E sua conexão, como vai? Não deixe de comentar abaixo se você já testou alguma dessas dicas e se alguma funcionou ou não para você. Para mais dicas como essas, não deixe de checar nossos conteúdos!

Add Comment