Blog da Cyber

31/05
Author
admin
Date
31 de maio de 2021
Comments
0

O que você pensa sobre o modelo de casa inteligente?

O conceito de casa inteligente, ou smart home, está associado ao uso da tecnologia e IoT (Internet das Coisas) para garantir conforto, praticidade, segurança e acessibilidade, para quem resolver investir nesse estilo de casa ou apartamento. 

Para uma automatização completa de uma residência, são necessários projetos mais elaborados, começando desde a planta, com obras adaptadas, ou seja, é possível planejar a sua casa já pensando em se conectar com ela.

Ter uma casa inteligente é se conectar com tudo de mais moderno, possuindo total controle sobre ela, mas também pensar no futuro, investir em soluções de geração de energia, economia com reuso de água, com mais facilidade de acesso e segurança.

Antigamente, pensar em uma casa inteligente ou ter aparelhos conectados com sensores era sinônimo de luxo, riqueza, e alta sofisticação. Coisas que só seriam possíveis em filmes, mas essa realidade mudou. E o Brasil está no caminho para facilitar ainda mais essa questão.

Para popularizar e avançar com equipamentos tecnológicos, está em vigor no Brasil desde 2020, uma lei que concede privilégios para esses equipamentos IoT pelos próximos cinco anos. O que leva o país a ter mais projetos que visam a tecnologia, trazendo novos investimentos e até gerando novos empregos.

As Casas inteligentes estão movimentando a economia e despertando o interesse das pessoas do Brasil e do mundo. Até mesmo as construtoras já estão se atualizando, e aproveitando o embalo para oferecer projetos deste tipo, trazendo mais conforto e mais inovação a seus clientes.

Embora sejam oferecidos projetos automatizados, precisamos tomar cuidado com as promessas feitas pelas construtoras, se realmente conseguem cumprir o que foi proposto.
 

Como funciona uma casa inteligente

 
Para ter a sua casa inteligente é necessário instalar equipamentos que suportam internet ou conexão Bluetooth. A ideia é precisar de pouca estrutura, e ter uma casa preparada e com uma ótima conexão de internet.

Outra vantagem é poder controlar diversos aparelhos, usando um único programa ou sistema, podendo ser usados separadamente. Basta ligar e alterar a hora que quiser. 

Ainda, é possível controlar as luzes, regulando a intensidade e até a cor da luz, o ar-condicionado, a potência de sua geladeira, a hora que a cafeteira deve preparar o café, programando a máquina de lavar roupa, entre outras funcionalidades.
 

Algumas vantagens da casa inteligente 

 
Uma das coisas que facilitam a vida é o controle de acesso, quando os portões da casa e a garagem seguem o princípio de serem acionados por proximidade, ou através da assistente virtual que monitora a sua rotina, fazendo com que, assim que você chegue em casa, ela pergunte se você deseja que abra a porta.

Assistentes virtuais tipo a do Google e da Amazon podem receber comandos por voz ou direto do celular, computador e outros dispositivos que possam estar conectados.

Cada vez ganham mais atualizações e mais utilidades. Possuem inteligência artificial, sendo capazes de auxiliar a rotina da casa, atualizar lista de compras, ligar e desligar aparelhos, tocar música, e realizar lembretes.

Quando a assistente está integrada a aparelhos de smart speaker fica ainda mais fácil e prático. Afinal, basta um comando de voz para o aparelho e você pode receber as principais notícias, ou o clima do dia.

Uma parte importante é a segurança: com uma casa inteligente você pode acessar as câmeras, controlar o alarme, a abertura de portas e janelas, quando e para quem quiser.

Além de tudo isso, você pode contar com telas, de vários tamanhos, fixas ou portáteis. Esses dispositivos mostram atualizações do feed de notícias, suas mensagens, hora, clima e controlam a sua casa inteligente.
 

E vale a pena investir em casa inteligente?

 
Nem tudo são mil maravilhas, e por mais prático que pareça ser, até a casa inteligente tem seus defeitos. 

Até onde vai o limite dessa tecnologia? Pode acontecer de fechaduras eletrônicas permitirem a entrada de pessoas não autorizadas a entrar? E se acabar a energia, você depende da tecnologia? Conseguirá sair da sua casa, sem ser por comando de voz? E se a sua conexão estiver ruim?

São coisas simples, mas você precisa estar preparado para o melhor e pior cenário, além de que,  nenhuma dependência é positiva. A tecnologia vem para nos ajudar e existem muitas formas alternativas, mas seu uso precisa ser de forma consciente.

Comments (0)

Write your comment