Vai uma Sky Gato aí? Saiba tudo como funciona!

Hoje vamos falar dos receptores de TV que brilham os olhos do Brasileiro, conhecidos como “Sky Gato” ou “Gato net”.

Trata-se de um receptor de TV semelhante aos usados pela Claro, Sky e outros fornecedores de TV por assinatura. Como o sinal do Satélite está disponível para todos, nossos amigos “chineses” simplesmente se aproveitaram dessa brecha e criaram um método de quebrar a criptografia dos canais e os tornaram praticamente públicos, claro que para isso é preciso adquirir o aparelho por eles fabricado.

Pronto o sonho de desfrutar daquela imensidade de canais se torna realidade e, melhor ainda, sem custos com assinatura! Uhulll…

O que a maioria não sabe ou não se interessa em saber, é que tal prática é crime, confira:

O uso dos decodificadores de sinal TV – Sky Gato, se encaixa no crime de pirataria previsto no artigo 184 do Código Penal.

Vejamos:

Art. 184. Violar direitos de autor e os que lhe são conexos: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

Pena – detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, ou multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

1º – Se a violação consistir em reprodução total ou parcial, com intuito de lucro direto ou indireto, por qualquer meio ou processo, de obra intelectual, interpretação, execução ou fonograma, sem autorização expressa do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor, conforme o caso, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

2º –  Na mesma pena do § 1o incorre quem, com o intuito de lucro direto ou indireto, distribui, vende, expõe à venda, aluga, introduz no País, adquire, oculta, tem em depósito, original ou cópia de obra intelectual ou fonograma reproduzido com violação do direito de autor, do direito de artista intérprete ou executante ou do direito do produtor de fonograma, ou, ainda, aluga original ou cópia de obra intelectual ou fonograma, sem a expressa autorização dos titulares dos direitos ou de quem os represente. (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

3º –  Se a violação consistir no oferecimento ao público, mediante cabo, fibra ótica, satélite, ondas ou qualquer outro sistema que permita ao usuário realizar a seleção da obra ou produção para recebê-la em um tempo e lugar previamente determinados por quem formula a demanda, com intuito de lucro, direto ou indireto, sem autorização expressa, conforme o caso, do autor, do artista intérprete ou executante, do produtor de fonograma, ou de quem os represente: (Redação dada pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

Pena – reclusão, de 2 (dois) a 4 (quatro) anos, e multa. (Incluído pela Lei nº 10.695, de 1º.7.2003)

 

Está em dúvida de alguma coisa? Joga no google! 

Ok, mas o que isso tem a ver com a minha internet?

Recentemente, nossos amigos de olhinhos puxados reinventaram o sistema de entrega dos canais e para isso usaram a Internet; Claro, em um modelo “plug and play” a venda com certeza aumentaria, pois, a maioria das pessoas desejam ter um receptor em suas casas, mas não querem depender de “técnicos” para instalar, atualizar e prestar as manutenções necessárias.

Sucesso total! Você compra o aparelho, retira da caixa, pluga na tomada, conecta no Wi-Fi e pronto! Seria maravilhoso se funcionasse bem, mas como sempre comentamos aqui, “não existe almoço grátis”.

 

Aprofundando mais nos detalhes:

Supomos que você tenha um receptor Sky Gato instalado na sua residência. Certo dia, você liga para o técnico que lhe vendeu este aparelho e diz a ele que os canais estão travando.

Como já é de praxe entre os instaladores, a resposta dele vem com outra pergunta:

Quantos Mb de internet possui?

Ou ainda:

Aí meu amigo, se os canais estão travando o problema é com a Internet, tem que contratar um plano melhor.

Porém, o que poucos técnicos sabem é que:

  • Os servidores para esse tipo de serviço estão hospedados em locais como Ásia e África, regiões que não controlam, de nenhuma maneira, o uso da Internet.
  • As bandas disponíveis para esses servidores são mínimas e para ser economicamente viável, (já que não se paga mensalidades) deve custar o mínimo por mês também.
  • Latência, Jitter (medida de variação do atraso entre os pacotes sucessivos de dados), Perda de Pacotes, além, é claro, da distância em que o servidor está, que afeta diretamente a qualidade do serviço.
  • Geralmente no período do dia funciona e durante a noite não, pois nos horários de pico a capacidade do servidor, que é compartilhada, chega ao seu limite.

Ou seja, são muitas as variáveis para que a coisa flua perfeitamente e o provedor, muitas vezes, é penalizado pelo usuário, que acredita que o problema é local.

 

Sky Gato x Netflix

Se analisarmos o serviço, vamos perceber que os decodificadores Sky Gato oferecem o mesmo tipo de serviço que é oferecido pela NETFLIX, porém, ao invés de fornecer canais, ele fornece Filmes.

Hoje, o Netflix conta com mais de 1000 servidores em todo mundo, que são instalados em locais estratégicos, para prover o conteúdo de forma imediata aos seus clientes.

Fonte: Netflix Media Center

 

Concluindo

Nós, realmente acreditamos que se o serviço desses receptores de sinal pirata de TV fosse bom e legal, ao menos os fabricantes deixariam um contato, um site ou algo do gênero para que pudéssemos estabelecer um contato frequente.

Mas, infelizmente o que se vê por aí, são inúmeras páginas de pessoas que comercializam esses produtos e, que assim como aparecem, somem repentinamente.

No Brasil, um servidor desses é derrubado em questão de horas pela polícia federal.

Portanto:

  • Pense bem antes de gastar seu dinheiro comprando um produto não homologado pelos órgãos competentes.
  • Não aumente a banda da sua internet achando que isso irá resolver os problemas de travamento dos canais, pois o problema em 99% dos casos não é local. (Você deve achar que estamos perdendo uma oportunidade aqui de vender mais, não é mesmo? Mas na verdade, nós não queremos que você seja enganado).
  • Já se sabe também, de inúmeras falhas de segurança nesses dispositivos, que permitem sequestrar dados na sua rede local, afinal, ele está dentro da sua casa.
  • E por último, voltamos a lembrar, ter ou comercializar receptores ou decodificadores de sinal de TV paga (ou ao menos deveria ser paga), é crime!

Add Comment